CML MANTÉM TUNEL AO ABANDONO NA ESTAÇÃO ALCÂNTARA MAR

DSC03890Há vários anos que o tunel da estação de comboios de Alcântara Mar se encontra totalmente abandonado pela CML, enquanto entidade responsavel.

É um processo que se arrasta desde a sua DSC03897inauguração há mais de duas dezenas de anos e que foi aumentando com a falta de vigilância, de manutenção e com o encerramento dos estabelecimentos comerciais que ali funcionaram.

DSC03902Este tunel serve de passagem diária a largas centenas de pessoas que usam os comboios da linha de Cascais, mas também  a quem se desloca a pé para os restaurantes e bares das docas. E serve ainda os turistas provenientes dos DSC03899barcos de cruzeiro que atracam no Cais.
E este é o cartão de visita…

E mais uma vez registamos o silêncio da Junta de Freguesia sobres este tipo de situações que desprestigiam a nossa freguesia e a nossa cidade.

No passado mês de Abril de 2012, um cidadão apresentou uma proposta no Orçamento Participativo da CML DSC03901que sugeria a resolução desta situação, cujo texto merece ser lido pois consegue “tocar” num conjunto de preocupações que se encontram a montante deste caso e por isso aqui o  publicamos:
   “Moro em Alcântara desde 2005 e, desde então, tenho vindo a DSC03905assistir à progressiva degradação da passagem subterrânea que serve a estação ferroviária de Alcântara-Mar, e que faz ligação entre a Av. de Brasília e a Av. da Índia. De facto, nunca conheci esta estrutura em bom estado, mas DSC03895preocupa-me que, seis anos depois de residir neste bairro, não tenha havido uma única intervenção nesta passagem pedonal. Esta passagem – que é usada não só por utentes da estação e residentes da zona, como também por DSC03909pessoas que não têm outra forma de passar para o outro lado da linha do comboio e por cada vez mais turistas, que procuram chegar a locais de lazer como as Docas – é, nos dias que correm, uma infraestrutura que DSC03910envergonha, além de representar um perigo para quem ali passa no que diz respeito a assaltos e até mesmo no que toca à segurança física. O local encontra-se extremamente degradado, com infiltrações e tubos DSC03908apodrecidos que, seguramente, poderão um dia cair em cima de alguém que vá a passar no momento. A juntar a este risco, a fraca iluminação nocturna transforma esta passagem num espaço fantasmagórico, mesmo no meio da cidade de Lisboa. As fotos que envio em anexo dão bem conta do estado de degradação das infraestruturas. A minha proposta vem, assim, no sentido de revitalizar esta passagem subterrânea, fazendo uma recuperação de fundo. Houve recentemente uma renovação do único espaço comercial (um café) que continua a funcionar naquele local, mas a intervenção não pode ficar limitada àqueles poucos metros, ficando toda a restante área a continuar a degradar-se a olhos vistos. Proponho, assim, que através do Orçamento Participativo esta passagem pedonal seja revitalizada, melhorada e adaptada às necessidades da população lisboeta, residentes em Alcântara, não residentes, turistas e afins. Entre os melhoramentos que, creio, devem ser tidos em conta, está desde logo o acesso. Sendo esta uma das raras passagens que existem para atravessar para o outro lado da linha do comboio a pé ou de bicicleta – e não esqueçamos que junto ao rio há uma ciclovia bastante concorrida actualmente – parece-me oportuno desejar que nesta passagem, lado-a-lado com as escadas, seja construída uma rampa que facilite o transporte de bicicletas, mas não só: carrinhos de bebé, cadeiras de rodas, etc., especialmente porque as escadas rolantes, que apenas existem numa das entradas, muito raramente se encontram a funcionar. Gostaria que esta proposta fosse tomada em consideração, permitindo revitalizar esta passagem de uma forma criativa, e possibilitando um trânsito de peões seguro a todos os níveis.”

NB. O café mencionado neste texto, foi entretanto encerrado, como se pode ver pelas fotos tiradas recentemente.

Este artigo responsabilizava inicialmente a Refer pela situação, mas por informação prestada pelo Gabinete de Imagem desta empresa, apurámos que esta é uma matéria da exclusiva responsabilidade da CML, razão pela qual introduzimos a respectiva alteração.

Sobre blocoalcantara

BE Alcântara
Esta entrada foi publicada em Sem categorias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s