UM PARQUE INFANTIL ENCERRADO HÁ DOIS ANOS – UMA ESCOLA QUE CONTINUA EM OBRAS – UM MERCADO A MORRER – RUAS SEM OBRAS….

DSC02630Em Janeiro de 2011, o Parque infantil da Rua Leão de Oliveira foi encerrado e à entrada a CML colocou uma placa a informar que estaria temporáriamente encerrado. A mesma informação foi então afixada na Junta de Freguesia.
No Verão de 2012, um novo edital foi afixado na Junta , informando que os melhoramentos iriam ser feitos  no periodo de seis dias. Deste facto demos conta neste blog, em Agosto.
DSC02769O certo é que passaram dois anos e o espaço continua encerrado. Sabemos também que vários aspectos continuam por resolver, nomeadamente a ligação do bebedouro à rede de água, entre outros aspectos. E se as opiniões se dividem quanto ao destino que continua a ser  dado a este terreno, (que esteve muitos anos abandonado, até ao dia em que a  Junta de Freguesia, no final dos anos oitenta do passado século, o ter adaptado em  parque infantil), o certo é que neste momento não serve para nada.
A esta situação podemos acrescentar as seguintes:
DSC022021. As obras na Escola Raul Lino desde Agosto de 2011 e previstas acabar um ano depois. O certo é que 7 meses depois da data prevista para a sua conclusão, as obras continuam e a comunidade continua impedida de usar esta escola na sua plenitude;
2. O incumprimento da promessa feita pelo vereador José Sá Fernandes em 2009, de que a CML faria obras de requalificação no Jardim Avelar Brotero.

DSC02648Quatro anos depois o jardim continua a degradar-se ( os passeios, as cercas, etc), as plantas a serem indevidamente substituidas, as árvores a morrerem e a falta de actividades a provocar o afastamento de muitos moradores deste seu espaço;
3. A incapacidade mostrada pela CML em “dar a volta” ao Mercado Municipal Rosa Agulhas, que tem vindo progressivamente a definhar,  com espaços a encerrarem.
DSC00198 - CópiaOs comerciantes que vão resistindo, fazem-no com imensas dificuldades, até porque ao mesmo tempo que os clientes diminuem, as rendas que pagam à CML, vão aumentando.
DSC035764. Falta de obras de fundo em várias ruas da freguesia, com vergonhosos exemplos na Rua de Alcântara e Rua 1º de Maio, entre outras.

Se somarmos a tudo isto o esvaziamento de `vários serviços públicos na freguesia, resta-nos perguntar o que quer a CML para o futuro de Alcântara? e o que tem feito esta  Junta de Freguesia?

Pela nossa parte, não nos resignaremos e continuaremos a  denunciar estas situações, apostando na mobilização dos cidadãos, nos comerciantes e nas forças vivas de Alcântara, ajudando a  concretizar uma  mudança nas próximas eleições autarquicas, que se realizam este ano, elegendo  pessoas que se venham a empenhar  de facto na defesa de quem vive e trabalha na freguesia.

Sobre blocoalcantara

BE Alcântara
Esta entrada foi publicada em CML e AML. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s